Páginas

Translate

* NÓS E A VELHICE...


Um começo de vida, um casal novinho...Sem rugas...



Hoje , olhando pra trás, vejo aquelas que começaram há  41 anos, logo que engravidei da Tita.


Ainda que eu tivesse 20 anos, elas já estavam querendo se formar pelas preocupações decorrentes de uma gravidez difícil. Com o nascimento, a alegria recuperou tudo, toda a pele ficou resplandescente novamente.


Logo a seguir, vieram aquelas da gravidez, do Gordo, da Neca e do Zezo, que também foram superadas pelas alegria.


Vieram então, aquelas das noites mal dormidas, das febres, dos cuidados com os quatro pequenos...


Também, superadas a cada resultado positivo, a cada noite recuperada e a cada doença deles curada.


Houveram então, as muitas vezes da falta de grana, das dificuldades, dos trabalhos, dos sacos cheios da vida. Essas ficaram, não saíram mais...


Vieram as dos filhos crescidos, noites insones esperando voltarem , as notícias que chegavam dos seus casamentos desfeitos, as preocupações, as doenças enfrentadas ...


Há ainda as das saudades dos filhos e netos longe daqui...Essas todas, também ficaram...


Hoje, elas podem ser identificadas e onde se mostram mais visivelmente, há nomes...Todos nós sabemos...


O interessante é que aquele casal novinho, envelheceu junto e um pode ver no outro as mesmas marcas.(Ainda bem, que não é só em mim!!!)


Podemos ver naquele pai, aquelas mais profundas que correspondem com as minhas...com os mesmo nomes...


Agora, vendo esse filme "enrugado" pelo tempo, fico pensando que , como podem ver, tudo nos marca, tudo deixa um sinalzinho para que possamos contar...


Porém daquelas que terminam com alegria, fica um sinalzinho delicado, uma linha sutil... As outras, ficam fundas ...


Mas são nossas e nem queremos perdê-las...


Fazem parte de nós...


Que possam os que ainda têm bastante tempo, levar a vida de uma forma a não permitir que as coisas marquem dolorosamente, levando a vida mais "lightzinha", não sofrendo com bobagens desnecessárias...


Todas as nossas rugas fazem parte da nossa história...




Vemos nela, o rascunho, passado a limpo de nossa passagem por aqui.

E ASSIM, O TEMPO PASSA, FICAMOS VELHOS, MAIS VELHOS, MAS A VERDADEIRA VELHICE, CHEGARÁ QUANDO PERDERMOS A CRIANÇA QUE HÁ DENTRO DE NÓS(Chica)




* Essa é minha participação de FEVEREIRO da FÁBRICA DE LETRAS...

20 comentários:

  1. *Lindo texto, *CHICA Querida !!! *

    *Olha, como tudo na vida, a velhice tem

    o seu lado positivo e negativo ! Todavia,

    confesso que eu sinto muitas saudades do

    meu corpinho, minha beleza, minha -

    ótima !!! - disposição física dos meus 20

    aninhos !!! (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk).

    *Quanto ao meu lado "menina", criança ...

    faço questão de mantê-lo sempre em dia com

    vigorrrrrrrrrrrrrrrrr !!!

    *Ótima semana, *Chiquinhaaaaaaaaaaa !!! *

    *Fiques com Deus !!! *

    *Beijossssssssssssssssss.

    ResponderExcluir
  2. Chica,que lindeza de texto!No fundo,permanecemos crianças mesmo com as ruguinhas da vida!Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Chica tudo nos marca na vida e os filhos marcam-nos mais que a falta de dinheiro, que as doenças que possamos ter. Desde que nascem que nos marcam de preocupações. Nunca mais seremos as mesmas. A criança que há em nós perde-se quando vemos que a agilidade já não é a mesma, nem a saúde. Engraçado que é a única alteração que noto. No aspecto físico também as há mas não são tão notórias. Mudamos até a nossa maneira de pensar pois passamos a ver a vida como se não houvesse amanhã. Nunca deixei para amanhã o que não podia fazer hoje mas, hoje menos que ontem.
    Chica quando voltares a postar e tendo como exemplo este post pões:
    Nós e a velhice - vendo as cores da vida
    nome do post - nome do blog
    tu puseste só o nome do post, ok? Beijinho grande

    ResponderExcluir
  4. Menina, o negócio é que apesar das dificuldades, você superou tudo, não foi?

    E se bobear, repete tudo de novo...

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Chica
    Que bom haver rugas, elas são o mapa da nossa vida, não é? Sinal que ainda cá estamos e já superámos muoita coisa, não é?
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Chica!
    Adorei seu blog. Sou sua seguidora agora.

    Ah! E coloquei vc no meu link também.

    Beijos fraternos

    ResponderExcluir
  7. Esses momentos são únicos na vida de quem passa.
    Vim comunicar que participei e fiz a minha inscrição.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    Belo o seu texo.
    Temos que envelhecer com amor e acreidtar nesse amor..
    Que o tempo é uma grande experiencia para todos n´os, que estamos chegando lá...
    Um grande abraço.
    Sandra

    ResponderExcluir
  8. Olá Chica, ser mãe é isso tudo mesmo. Se envelhecemos? Claro que sim, as preocupações multiplicam-se e com elas as rugas e os cabelos brancos, mas tal como dizes, são apenas marcas que ficam dos ostáculos que vamos ultrapassando, não é? Marcas do amor que dedicamos aos nossos. Beijo Grande

    ResponderExcluir
  9. Amiga, fiqui muito feliz com a sua presença no blog da interação. Hoje ao ler o texto, eu fiquei muito comovida,chorei. As vezes, escrevemos coisas vindas do coração, que nem sabemos como..
    A vida é assim, cheia de surpresas.
    a interação de amigos, agradece a sua presença
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  10. NADA MAIS VERDADEIRO...ENVELHECE AQUELE QUE PERDEU A SUA CRIANÇA...

    ABRAÇO

    ResponderExcluir
  11. Chica,

    Temos mesmo de nos orgulhar de nossas marcas, pois contam a história de nossas vidas, por tudo que passamos, e nos fazem relembrar do ruim para que não o repitamos, e do bom para que sempre o busquemos.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  12. Chica, não conhecia esse seu blog. Fiz um perfil novo no Blogger e estou a caça dos blogs que eu seguia. Então vou seguir esse aqui dessa vez, ok? Adorei o texto. As rugas da vida, nossa história. Bjos...
    Reyel.

    ResponderExcluir
  13. Olá Chica em férias ou já retornou?

    Bem amiga, deixe colocar para vc o Olhar de Hod sobre o tema.

    Não encontro eco sobre a idéia ocidental do que seja Velhice.

    Juca chaves diz:

    Idade não e culpa, velhice não é desculpa e jovem não é profissão.[

    Vejo sim, a finitude.. quanto mais próximo da finitude mais plenos ficamos.

    Forte abraço amiga,

    Hod.

    ResponderExcluir
  14. As rugas são o mapa da nossa vida!
    Bjkas, Chiiiica!

    ResponderExcluir
  15. E assim são as palavras que nos fazem refletir.

    Adorei!

    Final de semana chegando e a correria diminuindo. O negócio é curtir a desaceleração dos afazeres e sentir que a preguiça nessas horas tem seu valor. Então, vou deixar uma música que acho maravilhosa, pode ser?

    É essa:

    http://www.youtube.com/watch?v=VqVwY5PJNGw

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca


    -

    ResponderExcluir
  16. A vida é uma arte mesmo!! Pena que poucos param para vivê-la intensamente. Abs... bonito blog..

    ResponderExcluir
  17. Que bonito Chica,rugas e marcas sãosinais de vida, vivida intensamente,sem fugir da raia, sem escapulir dos problemas, mas sim enfrentá-los...isso tem um nome...história de vida, história de gente...Um abraço na alma cheia de vida...conserve a criança...essa não envelhece...porque é feita de sonhos e coragens que nunca se abalam...
    Bom domingo...bjo...depois te envio o poema...to dando uma mexida nele...rs

    ResponderExcluir
  18. Descobri porque o coments da outra vez não foi...são as palavrinhas de confirmação...rsrs...achei que a mensagem já timha seguido...rs..valeu

    ResponderExcluir
  19. Oi , querida Chica1 Que emoção nos traz este seu texto! Linnndo! Bj Mel

    ResponderExcluir

Que bom ver vocês por aqui!beijos,chica