Páginas

Translate

* NÓS E A VELHICE...


Um começo de vida, um casal novinho...Sem rugas...



Hoje , olhando pra trás, vejo aquelas que começaram há  41 anos, logo que engravidei da Tita.


Ainda que eu tivesse 20 anos, elas já estavam querendo se formar pelas preocupações decorrentes de uma gravidez difícil. Com o nascimento, a alegria recuperou tudo, toda a pele ficou resplandescente novamente.


Logo a seguir, vieram aquelas da gravidez, do Gordo, da Neca e do Zezo, que também foram superadas pelas alegria.


Vieram então, aquelas das noites mal dormidas, das febres, dos cuidados com os quatro pequenos...


Também, superadas a cada resultado positivo, a cada noite recuperada e a cada doença deles curada.


Houveram então, as muitas vezes da falta de grana, das dificuldades, dos trabalhos, dos sacos cheios da vida. Essas ficaram, não saíram mais...


Vieram as dos filhos crescidos, noites insones esperando voltarem , as notícias que chegavam dos seus casamentos desfeitos, as preocupações, as doenças enfrentadas ...


Há ainda as das saudades dos filhos e netos longe daqui...Essas todas, também ficaram...


Hoje, elas podem ser identificadas e onde se mostram mais visivelmente, há nomes...Todos nós sabemos...


O interessante é que aquele casal novinho, envelheceu junto e um pode ver no outro as mesmas marcas.(Ainda bem, que não é só em mim!!!)


Podemos ver naquele pai, aquelas mais profundas que correspondem com as minhas...com os mesmo nomes...


Agora, vendo esse filme "enrugado" pelo tempo, fico pensando que , como podem ver, tudo nos marca, tudo deixa um sinalzinho para que possamos contar...


Porém daquelas que terminam com alegria, fica um sinalzinho delicado, uma linha sutil... As outras, ficam fundas ...


Mas são nossas e nem queremos perdê-las...


Fazem parte de nós...


Que possam os que ainda têm bastante tempo, levar a vida de uma forma a não permitir que as coisas marquem dolorosamente, levando a vida mais "lightzinha", não sofrendo com bobagens desnecessárias...


Todas as nossas rugas fazem parte da nossa história...




Vemos nela, o rascunho, passado a limpo de nossa passagem por aqui.

E ASSIM, O TEMPO PASSA, FICAMOS VELHOS, MAIS VELHOS, MAS A VERDADEIRA VELHICE, CHEGARÁ QUANDO PERDERMOS A CRIANÇA QUE HÁ DENTRO DE NÓS(Chica)




* Essa é minha participação de FEVEREIRO da FÁBRICA DE LETRAS...