Páginas

Translate

* Blogagem dos Sentimentos: RAIVA


Essa é minha participação na Blogagem dos SENTIMENTOS, promovida pela Glorinha...

O tema da semama é a RAIVA...

Quem não a sente?
Todos nós, a menos que estejamos  quase santos, temos momentos em que ela se faz presente.

Por pouco ou por muito,ela chega e tudo depende do nosso humor do dia...

O meu jeito de lidar comn ela é explodir, xingar até a 17ª geração,%$#@#@%$%¨$$  do vivente, se estiver na minha frente. Isso me desopila e   logo a seguir, passa e volto ao normal.

Mas nunca fui de engolir sapos, preciso estourar. Depois volto a ser a chica normal (???) rsrs...
Sei que temos que ter autocontrole, tudo mais, mas há coisas que não conseguimos controlar, por mais que se tente melhorar a cada dia.

Como estou com 6.1, não sei se mudarei,srrsr...

De repente, incho e fico como um peixe baiacu,rsrs depois,amanso!


Primeiro rodo a baiana com 27 saias e depois acalmo...

Assim lido com esse sentimento, essa danada da Raiva!

E vocês???

13 comentários:

  1. Bem, deixe-me tentar responder a essa pergunta.
    Sou EXPLOSIVA, quando a raiva chega, chega com tudo, feito vendaval...aí saiam da frente, todos...pois ninguém vai escapar...rsrs.
    Xingo, esbravejo, tenho vontade de chutar tudo...mas não chuto...mas falo demais, ninguém consegue calar minha boca...pronto...essa é a Majoli com raiva.
    Mas depois me acalmo...aí vem um relax delicioso...rsrs.
    Beijos minha querida Chica.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Chica!
    Nossa, aquilo é um peixe?

    27 saias é!? Hehehe...

    Bem , eu me viro de várias formas, pois cada caso é um caso, e pode ser que na hora H eu me porte de uma forma que surpreende até a mim mesma. Sei lá, entende...!

    Beijão.

    ResponderExcluir
  3. Olá Chica, bom dia!
    Estou rindo aqui...muito bom quando diz que não sabe se muda. Muda sim...a tendência é amansar!
    Adorei saber que gira com sete saias...hehee
    Já senti muita raiva...hoje mais não...aprendi a transmutar. E diga-se, vários fatores colaboraram para isso.
    Um deles é que estou no 6.2...ficou animada????rsss
    Beijos...muito boa participação.Amei!
    Astrid Annabelle

    ResponderExcluir
  4. Com raiva? kkkkkkkkkkk tenho mais saias que você! kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Oi, Chica
    Querida, desopilar o fígado é imprescindível... mas o autocontrole gera qualidade de vida, como sabemos bem.
    Gosto muito do baiacu... morei no ES por dez anos e, junto com o peruá, fazia a festa.. gosto demais de peixe...
    Mas que o danandinho é "inflado" é...
    Tenha ótima tarde cheia de paz interior.
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  6. Olá querida Chica,
    Muito giro o teu post e de facto de santinhas temos pouco, mas nós tentamos claro, a passinho de formiga.
    Não gosto muito de exteriorizar as minhas raivinhas por palavras, a arma vira-se contra mim, mas palavrões e murros na parede tem que ser, depois a dor acalma-me.
    Beijinhos,
    Manú

    ResponderExcluir
  7. Chica, se rodo a baiana, depois me sinto culpada...rsrsrrs
    Prefiro ficar na minha, raiva tem me feito muito mal! Não adianta esbravejar, atirar objetos nas portas e parede (sou "doida" pra fazer isso...), acaba que dizem: "Apelou, perdeu"! Mas quem aguenta passar raiva e não reagir? Se engolimos é pior!
    Você está certa, numa certa idade a gente pode tudo!
    Também estou no 6.1, com tudo original. rsrsrsr
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Eu tb sou igual ao baiacu, parece q vou explodir, depois fico murchinha...hehe, obrigada pelo apoio e o carinho tá/
    bjs.

    ResponderExcluir
  9. Quando sinto raiva fico muito mal. Geralmente não consigo rodar a baiana, engulo e então fico uma droga.

    ResponderExcluir
  10. kkkkkk até achei engraçado tudo isso, mas acho que é assim que muitas pessoas reagem, pois é difícil o auto-controle e ficar zen diante de situações incompreensíveis.
    adorei!
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  11. Oi, Chica

    Adorei o teu texto.
    Me igualo a você. Expludo e sai de baixo. Mas, depois peço até perdão se for preciso e não guardo mágoas.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  12. Oi, Chica!

    Que maneira divertida de falar de raiva, hein? Ri demais imaginando os xingamentos até a 17ª geração, essa foi boa, kkkkkkkk
    Adorei a comparação com o peixe baiacu (e como ele é engraçado, né? é uma bolinha).
    Quanto a mudar, a gente muda sim, só que é um processo lento, e é sempre interessante mudar pra algo que nos torne melhor, menos estressados e que nos traga paz.

    Beijos, amiga
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  13. Chica,esse paralelo com o baiacu foi demais!Ele incha assim mesmo!Acho que se não estouramos,ficamos doentes!Eu tb explodo,mas minha baiana não tem tantas saias...rsss...ADOREI!Bjs,

    ResponderExcluir

Que bom ver vocês por aqui!beijos,chica