Páginas

Translate

♥ Vi, li e parei pra pensar... ♥




Li uma notícia que muito me chamou a atenção.  O conteúdo triste, mas dentro da tristeza, vi  poesia...

Trago um trecho apenas. Quem quiser ver  clique AQUI!


"Os torcedores faziam fila para assistir à dupla americana de vôlei de praia enfrentar o México nas areias atraentes de Copacabana.

Mas do outro lado da cidade, longe da excitação olímpica, o espocar das batalhas armadas ecoava pelas enormes favelas que sobem pelos morros do Rio de Janeiro.

Assim que ouviu as balas zunindo no início da terça-feira (9), R. C. D., 9 anos , soube o que devia fazer.

"Eu me deitei no chão, abraçado com minha mãe", disse o menino, que vive numa casa de um cômodo com sua mãe e três irmãs no extenso grupo de favelas Complexo do Alemão.

"Ela me disse: 'Fique longe da janela, feche os olhos, sonhe alguma coisa bonita'."


Que belo conselho essa sofrida mãe soube dar...

Nos dá uma lição:  Nunca deixar de sonhar com coisas boas e bonitas.

Tudo pode se tornar melhor...

Que esse menor, sua família e essa mãe possam chegar perto de suas janelas, sem medo  e por elas, ver coisas bem mais bonitas por lá!

Esse meu desejo!

chica

18 comentários:

  1. Olá, querida Chica.
    O contraste entre a alegria e o sofrimento, um tão à beira do outro: vida real.
    Mãe é mãe nos momentos mais difíceis e das formas mais improváveis, como só mãe sabe ser.
    Há coisas pelas quais uma mãe nunca deveria ter que passar: proteger seus filhos do mal do mundo; proteger seus filhos de bala; proteger seus filhos de bandido, de doido, de desvairado; proteger seus filhos da guerra.
    Tanto para reflectir e ... cadê solução? Mundo está doido de tantas maneiras, são tantas frentes em que se tem que combater, são tantos dragões...

    tem um bom fim-de-semana
    bjn amg

    ResponderExcluir
  2. Ai Chica nem me fale!
    atrás de toda linda paisagem se esconde a traiçoeira .
    Estamos aqui felizes e daqui ha pouco, pah
    tudo pode se transformar
    Você viu poesia. Poesia para abrandar e um desejo que todos têm
    de que a Paz ressuscite aqui nesse RJ. Que todos possam ter a Paz merecida, sem medo e que possam fechar os olhos e sonhar com algo bonito.
    Quando mudei em 2003 , a todo tempo ouvia o tiroteio no morro.
    Eram tantos, que eu pensava em voltar. Em mudar.
    Depois veio a polícia pacificadora. Os estampidos cessaram.
    Não sei que acordo fizeram. Mas eu pude ficar mais sossegada.
    Muitos não tem esse sossego. É bala, o dia inteiro.
    Hoje estive lá no Boulevard Olimpíaco. Muitos policiais. Uma grande operação de segurança, mas mesmo assim , ontem um soldado morreu pq entrou em lugar errado. Tem isso? Tem.
    Eu que adoro passear pelas ruas aqui do meu bairro, nao posso. Subir o morro nem pensar. Mas tem lindas árvores ali. Uma grande vegetação e pássaros . Não pode. Eu faço milagre pra tirar fotos daquele laguinho, parece tudo novo. Fazer o quê? rs

    bj
    ( ja virou uma carta, rs)


    ResponderExcluir
  3. Chica,

    Uma realidade muito triste.
    Que Deus sustente o coração dessa mãe.
    Diante de uma situação de medo, essa mulher encontrou forças para acalmar o coração do filho. Que ele aprenda a ver o mundo dessa forma. Assim, ele será um grande homem.
    Chica, essa situação no Complexo do Alemão e demais favelas do Rio é assustador.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Esperança e sonhar é o que suaviza e alivia.
    Acreditar apesar de tudo!
    Que nossos pensamentos e orações aliviem e tragam Deus mais presente. O mundo precisa!

    ResponderExcluir
  5. Chica, recebeu meu comentário? Sumiu ou é moderado
    Beijos
    Dorli

    ResponderExcluir
  6. Chica é uma tristeza e uma grande realidade o que vemos acontecer não só no Rio de Janeiro,mas quase em todos os lugares.
    Pessoas que moram em comunidades e lidam com o dia a dia dos marginais,muitas vezes são trabalhadores,mas infelizmente ali devem morar.
    Ainda bem que a mãe soube como falar ao filho de um modo diferente para não assustá-lo.
    Nossas orações para todos,pois de alguma forma são nossos irmãos.
    Lindo texto.
    Bjs e Feliz dia dos Pais.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  7. Chica,
    É a discrepância Social brasileira, racismo, falta de moradia descente e a roubalheira política que faz do Rio, a vergonha brasileira.
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  8. Triste e comovente realidade.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde Chica,
    Comovente o que essa mãe fez com o seu filho e o conselho que ela lhe deu. Decerto o menino vai guardar esse conselho para a vida!
    O exemplo começa logo na infância.
    Desejo que a paz social seja uma realidade no Brasil e em todo o lado onde há violência.
    Há sempre o outro lado e é uma pena.
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderExcluir
  10. Pois é Chica, quando disse que não estava animada com as olimpíadas foi justamente pelo contraste da situação que perdura de há muito no estado brasileiro, no que tange a violência, o aumento da criminalidade que choca com o investimento que o governo federal juntamente com a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) desenvolveu um padrão de operação de segurança integrada tornando-se referências para as próximas olimpíadas.
    Pergunto: porque o mínimo desse padrão de segurança não é aplicado no Brasil no sentido de coibir... Reprimir... o crescimento da marginalidade?
    Que seja uma a paz armada, mas que a população não passe por tanta perda irreparável e situação de risco tipo a mencionada no seu texto que nos faz pensar e pensar.
    Imagine que mesmo com tanta segurança têm acontecido fatos que nos mostrar o quanto o governo brasileiro falhou na segurança do seu povo. Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Realmente Chica, quanta coragem essa mãe teve para transmitir
    coisas lindas, numa ocasião tão tensa, gostei amiga, bjs

    ResponderExcluir
  12. Puxa, tocante mesmo essa história... Difícil e lamentável realidade...
    Hum, que venham tempos com paz, segurança e EDUCAÇÃO no nosso pais!
    Uma mãe com amor sábio!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Serdeczności , smutne ale wierzę ,że milośc nas wszystkich da pokoj. Piękna, mądra strona . Poland Helen.zapraszam na moją stronę http://www.skrzynkaintencji100.bloog.pl

    ResponderExcluir
  14. A festa abafa sempre o verdadeiro estado das coisas. Consegue limpar a agonia do povo e o caos parece nunca existir.

    Que sonhem sempre os meninos e que seus pais os protejam.Que trabalhem a esperança, agindo e lutando por um lugar melhor.

    Bjs

    ResponderExcluir
  15. É incompreensível.
    Apesar de todas as diferenças e injustiças sociais que existem, não acredito que elas possam justificar essa violência.
    Como é possível viver-se numa cidade onde existem tiros e balas pelo ar a todas as horas do dia?
    É incompreensível...

    ResponderExcluir
  16. Chica...uma realidade cruel que é urgente corrigir!
    Bj amigo

    ResponderExcluir
  17. Chica...uma realidade cruel que é urgente corrigir!
    Bj amigo

    ResponderExcluir
  18. Olá Chica . Agradeço sua visita amiga. Mudei muita coisa no blog pois já não se identificava muito comigo. É uma sensação muito boa com o resultado positivo. Mudei e-mail, endereço,, mas continuo aqui sempre presente com meus amigos blogueiros. Você não quero perder de vista. Abraços carinhosos e agradecidos.

    ResponderExcluir

Que bom ver vocês por aqui!beijos,chica