Páginas

Translate

* Uma carta de amor



Esta é a minha participação na 1ª blogagem do www.voudecoletivo.blogspot.com






Trago aqui para participar dessa blogagem coletiva, uma carta de amor, ecrita pelo meu pai para minha mãe, em 1953. A foto é da original .


Transcrevo aqui:


Meu amor!


Recebi com grande alegria teu cartão que me alegrou e ao mesmo tempo, me deixou triste, pois sabia que não voltarias ao meio-dia.


São agora quase quinze para uma hora e não voltaste. è certo que não nos veremos.


Mas às 5.30, não tenhas dúvidas , estarei aqui para sanar a saudade que me vai no coração.


É verdadeiramente difícil estarmos separados, não achas?


Pois eu julgo que não obstante todas lutas, somos um para o outro, não é isso? Eu acho que sim!


Bem, meu amor, vou sair agora, na esperança de que quando voltar, não tenhas este vazio aqui em casa.


Beijos do teu esposo,


Ricardo

24 comentários:

  1. Haaa... linda participação Chica!
    O amor é mesmo lindo!!!
    E ter com quem dividi-lo é uma benção!
    Espero que o vazio não tenha ficado...
    Parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Também estou participando da Blogagem Coletiva.

    E poder estar aqui conhecendo o seu espaço e lendo essa linda carta... fez o coração bater mais forte!

    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  3. OLá
    Que carta linda!!!!
    Quem não gostaria de ganhar uma assim...

    Muito bom

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Chica,
    obrigada pela visita amada,volte sempre ,será um prazer,chorei! que coisa mais verdadeira é emocionate...
    Grande beijo,que vc seja muito feliz como seus pais..
    Boas energias
    Mari

    ResponderExcluir
  5. linda esta carta... parabéns pela bela participação desta blogagem coletiva.

    tbm participo...

    bjocas

    ResponderExcluir
  6. Legal. Nada como essas lembranças! Verdadeiras cartas de amor. E esse eterno!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Chica minha querida, que coisa mais linda essa carta menina?! E fizeste muito bem em guardar essa belezura que não tem preço.

    Linda participação.

    Eu to no coletivo de ficção n

    ResponderExcluir
  8. de ficção de uma carta de G. Apolinário para A.C.

    vc já leu né? Faz parte do UM SONHO EM PARIS.

    bj amada!

    ResponderExcluir
  9. Amei...!!
    Lembra a minha mãe com o meu pai (já falecido), trocando bilhetes...
    É, são nos tempos antigos que encontramos as maiores referências de valores humanos.

    Bom, também estou no Coletivo, se quiser tomar um café, bater um papinho e ler a minha carta, ficarei feliz.
    Beijos,
    Ana Lúcia.

    ResponderExcluir
  10. Também tenho algumas cartas que meu pai escreveu para a minha mãe...quase as coloquei nesta coletiva(já pensou?rsrsr)
    Muito linda a tua participação viu...adorei!
    Também peguei este coletivo...rs
    Um grande beijo e até mais!

    ResponderExcluir
  11. Feliz em conhecer seu blog e ver essa linda postagem.
    A letra, o papel e principalmente o sentimento que resiste a tudo e ao tempo.
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  12. Nossa, esta carta é uma preciosidade. Deve estar bem guardada mesmo, junto com tantas outras que eles devem ter trocado!
    Parabéns, e obrigada por compartilhá-la aqui!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  13. Linda!!! Como as pessoas eram...Pena termos perdido essa classe...

    Parabéns para seus pais!

    Também estou participando, peguei o coletivo andando, pois confundi o dia da partida!

    Bjão!

    ResponderExcluir
  14. Que autêntica postagem!
    Delicada
    tocante
    verdadeira
    Parabéns!
    bjs li

    ResponderExcluir
  15. Chica

    Fiquei encantado com este seu blogue. Pelos vistos tenho dado mias atenção às crónicas.

    Estou a passear pela blogagem colectiva e a ler a participação de todos.

    Gostei muito do seu post. Sobretudo por ter escolhido uma carta do seu pai e, ainda mais por a ter em seu poder.

    O meu urso já está nos seus seguidores.

    Lindo.

    Abraço

    ResponderExcluir
  16. muito bonita sua carta.
    linda paraticipação no coletivo!!
    beijos !!

    ResponderExcluir
  17. Típica cartinha de amor puro e aconchegante! palavras simples, como simples é a amor. Linda.Adorei.

    ResponderExcluir
  18. Ato como este jamais será esquecido. Achei muito boa sua idéia e vc ter o material para que possamos conhecer tbm

    beijos

    ResponderExcluir
  19. Chica,
    Linda participação. Esta carta é uma verdadeira preciosidade. Pelo original, nota-se que foi escrito com caneta tinteiro, daquelas que se molhava a pena e ainda se usava mata-borrão para secar a tinta. Uma verdadeira explosão de carinho e amor.
    Abraços
    José Jaime

    ResponderExcluir
  20. Linda carta...transmitiu um amor..doce e sincero..
    a melhor postagem que vi ate agora..
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. A-do-rei poder ver a foto da carta original. Dá veracidade ao amor!

    Obrigado pela participação no coletivo!

    Abração!

    Murilo

    ResponderExcluir
  22. Amor verdadeiro e muito lindo.
    Boa escolha.
    abraços

    ResponderExcluir
  23. Que linda carta de amor...Tão diferente de emails, scraps corridos no orkut... No mundo moderno o tempo parece tão escasso para expressar sentimentos.

    ResponderExcluir

Que bom ver vocês por aqui!beijos,chica